Trabalhar em casa é para você?

Trabalhar em casa é o sonho de muita gente. Mas, será que isso é possível para você?

Existem diferentes motivações que levam uma pessoa a querer trabalhar em casa e pelas mais diferentes razões, veja se você se identifica com alguma dessas:

– Mãe que quer ficar mais tempo com seus filhos

– Pessoas que não se adequam às rotinas dos escritórios

– Que não possuem perfil para trabalhar em equipe o tempo todo

– Pessoas que gostam de fazer sua própria rotina

– Pessoas que não são produtivas em certos períodos do dia

– Não gostam de bater ponto, querem ser donas do seu tempo

– Pessoas que não tem condições físicas de sair de casa

– Que gostam de trabalhar em lugares diferentes

– Que querem viajar e trabalhar de onde estiverem

– Pessoas que precisam ter uma renda extra

– Que querem trabalhar confortavelmente e com mais tranquilidade

 

Qual a sua motivação?

Uma cliente relatou que, a maior motivação dela é poder dar umas “escapadas” na rotina de trabalho para arejar a cabeça. Por exemplo, parar algumas vezes e realizar algum serviço doméstico ou brincar com seus gatinhos e depois, retornar ao trabalho. Isso ajuda ela a ter mais criatividade, ser mais produtiva e pensar melhor nas soluções que oferece aos clientes. Coisa que não seria possível em uma empresa tradicional, onde teria que dar satisfação dos seus movimentos.

Porém, o maior problema que detectei em meus clientes foi: não sabem o que querem, não fazem ideia no que são bons.

Da mesma forma, para trabalhar em casa, primeiro você deve se conhecer muito, descobrir qual sua principal motivação, ter muito claro que competências possui e quais vai precisar correr atrás para chegar onde você quer. Isso, se já souber o que quer ou vai ter que passar por um processo para descobrir  qual carreira que deseja seguir. Entender também quais as vantagens e desvantagens de trabalhar em casa para sua vida.

Além disso, investigar alguns aspectos:

  • Analisar se existe algum problema que você consegue solucionar. Por problema entendemos tudo que torna uma situação difícil, algum distúrbio, um dilema que alguém esteja passando. Por exemplo: hoje tenho um problema sério para encontrar diaristas de confiança e que me ajudem com as tarefas mais pesadas da casa. Você conseguiria resolver esse problema para mim?
  • Entender se conseguiria realizar algum desejo, que significa uma vontade, um querer.  Por exemplo: como você ajudaria um casal de aposentados que desejam muito conhecer os Parques Nacionais do Canadá?
  • Identificar oportunidades, ou seja, há novas possibilidades, é uma ocasião favorável? Por exemplo: no seu bairro não tem ninguém que entregue pães quentinhos em casa para o café da manhã ou não tem muita gente na internet ensinando sobre exportação.

Será que existe oportunidade no mercado para que a ideia, que passa aí na sua cabeça, vingue e compense o investimento nela? 

E depois, como você vai levar essa ideia ao mundo?

Se fazer conhecer é um desafio. Você vai precisar entender quem são as pessoas que gostariam de conhecer sua ideia e, como elas podem chegar até você.

Se for algum negócio online então, envolve outros aspectos, como:  entender de criação e arquitetura de site, redes sociais e infoprodutos (ebooks, infográficos, tutoriais, vídeo aulas, podcasts), planejamento de marketing digital, estratégias, domínio de ferramentas, canais de distribuição, promoção nas redes sociais, com formas de atração para que as pessoas te encontrem e depois disso tudo, transformar os seguidores em compradores.

 

Para trabalhar em casa, online, existem algumas possibilidades. Você pode produzir seu próprio produto ou vender de outras pessoas. Para isso, tem várias plataformas para vender infoprodutos. Nós usamos essas 3:

Já nessas, há muitas oportunidades para trabalhar em casa como freelancer:

Importante entender que, para trabalhar em casa, você vai precisar aprender como se organizar, para que o trabalho flua. Existem vários aplicativos que podem te ajudar nessa tarefa. Com eles você poderá gerenciar várias coisas, as vezes usando somente um smartphone, de qualquer lugar.

Comece devagar. Nas suas horas vagas inicie a construção dessa nova vida. Pense e planeje muito bem. É uma decisão que precisa de amadurecimento e principalmente entender que o empreendedorismo não é uma coisa que acontece da noite pro dia. Que é preciso trabalhar também sua forma de encarar limitações e obstáculos e como direcionar seu pensamento de empreendedor para ter sucesso.

O que isso significa?

Que, se você quer uma transformação significativa na sua carreira, no seu trabalho, precisa começar já. Se ficar arrumando desculpas é porque não tem convicção que quer mudar, nem consciência de que precisa fazer algo diferente para fazer acontecer.

Toda transformação leva tempo e precisa de dedicação. As mudanças no seu estilo de trabalho não vão acontecer se você não fizer alguma ação.

Pense comigo, o sucesso profissional nada mais é que uma grande escada que você deve subir, subir, degrau por degrau. É preciso ir aos poucos, se adaptando, aprendendo com os erros, melhorando a cada dia. Ficar postergando, só vai ser ruim para você mesmo, que se sentirá frustrado e não alcançará nada.

Essa subida pode ser pesada demais ou leve. Se você entender que é só um degrau que vai te levar ao topo, tudo ficará mais fácil. Aos poucos você fortalecerá seus músculos e logo não sentirá mais que é um peso.

E, o que você ganha se começar já?

Você vai ganhar muito conhecimento, muita experiência, poderá ganhar mais tempo para fazer o que gosta, poderá ter mais liberdade para prestar seus serviços de forma mais tranquila, por exemplo.

Agora, o que você  vai perder se não começar a se adaptar?

Além da possibilidade de outros terem a mesma ideia e passarem à sua frente, você vai ficar frustrado por nem ter começado. Vai continuar indo para um emprego que não gosta, que te deixa doente e que muitas vezes nada tem a ver com você. Vai continuar na mesma por precisar do salário e não trabalhará no que te faz bem, no que faz bem ao outro.

PicsArt 03 09 12.21.56 - Trabalhar em casa é para você?No programa Adapte-se!  você aprende a lidar com todos os aspectos que comentamos nesse artigo. São 8 etapas, da descoberta do que quer às estratégias de marketing digital. Para te ajudar a subir cada degrau com prazer. 

Deixamos tudo muito prático para que, ao final das 8 etapas, como resultado, você já esteja testando sua ideia ou colocando seu trabalho no mundo online.

Desafio das 8 etapas

Queremos te propor um desafio. Se seguir as 8 etapas e não conseguir pelo menos um desses resultados:

  • Aprender e colocar em prática o conteúdo;
  • Travar e não sair do lugar; 
  • Não conseguir descobrir algo que queira se dedicar; ou,
  • Não alcançar a transformação que vamos acordar no primeiro encontro.

Eu te devolvo 50% do investimento que vai fazer em você. Que tal?

E, por que não retornamos 100% do investimento? Porque temos consciência que as transformações não acontecem assim, num estalar de dedos. Consequentemente, muito do que aprender nas 8 etapas e nas nossas conversas vai servir lá na frente. Provavelmente, leve um tempo até que a “ficha caia” e os resultados podem não ser tão imediatos, depende de vários fatores.

Além disso, tudo que fazemos para transformar nossa vida depende mais da gente do que qualquer outra coisa. Talvez você não esteja no momento certo, não tenha tempo suficiente, energia suficiente, Portanto, faremos nossa parte, te dando conhecimento, ferramentas, consultoria, te guiamos…Finalmente, iremos junto com você. Mas, acima de tudo você deve fazer sua parte. 

Para saber quais são as 8 etapas  CLIQUE AQUI.

Se gostou desse artigo e conhece alguém que pode gostar, compartilhe.

Não esqueça de seguir nossas doses diárias no Facebook. Lá divulgamos artigos, pesquisas, vagas de trabalho, eventos e várias dicas para  ajudar a melhorar suas competências e lidar melhor com o mundo online.

Se ficou com alguma dúvida deixe nos comentários.